11 de fev de 2012

D'a dor me ser


a
dor
me
sendo.
[haverá
sol
de
dentro
pela
manhã
?]


t. prates

11 comentários:

Fabrício Franco disse...

Poetisa,

... Bom, deixe-me ser o primeiro a lhe parabenizar pela 'nova casa'. Acesso mais fácil, mais preciso. O História da Minha Alma em rumo mais exato. Bom!

Beijo!

Priscila Rôde disse...

Espero que sim, Tali. Espero que sim!

Ps:. Prontinho! Já mudei o endereço!!! =)

Hercília Fernandes disse...

O sol sempre aquecerá a sua poesia, Tá.

E o blog tá lindo, parabéns pelo novo (so)lar!

Beijos com afeto,
h.f.

Solange Maia disse...

sim !
haverá
sol
por
dentro
haverá
sol
por
fora


sua linda.........
beijo

Adriana Godoy disse...

sei não...acho difícil, mas possível. bonito como sempre. beijo

Alicia disse...

se eu só
a cor dar
tudo fica negro

Rafaela Gomes Figueiredo disse...

fez lembrar d'um meu:
'a...cor...do
escuro
é o sono'

e sempre haverá sol, quando se quer acordar, florinha.

beijo-pulo.

meninamar disse...

Haverá sol sim! Um dia essa nuvem chata sai da frente e ele aparece com toda a sua luz.
Beijos flor!

Marcos Satoru Kawanami disse...

a
dor
me
tendo
por
cria
do
mudo
com
puta
dor
de
com
por-
á
com
puta
ria.

=D
Marcos

Poeta da Colina disse...

Por incrível que pareça, tudo continua.

Felicidade Clandestina disse...

a dor de me ser me lembra uma manhã, bem cinza e morna...

 
;