4 de nov de 2009

Da prece herética

Arrisquei uma oração pro Deus
que está no céu
(que vai do céu da minha boca
à boca do seu vão),
e pedi a Ele que:

- Não a escutes, Senhor de cima;
ela quer, pelo excelso da Tua voz,
ficar surda ao som ordinário
que chega - nítido! - aos seus ouvidos.

- Não lhe fales, Senhor de baixo;
ele quer, pela surdez complacente da Tua piedade,
uma combinação encantada de palavras
que chegue - pronta! - aos seus lábios.

- Não lhes conheça, Senhor sem lados;
eles querem, pela onipotência do teu Ser,
não-serem por si próprios,
esperando de Ti o que já deste.

Querer ouvir a frase pronta do que se é:
isso é questionar
a destreza de Tuas mãos.

(Amém).
t. prates


"Transcender é uma transgressão.
Mas ficar dentro do que é,
isso exige que eu não tenha medo."
(Clarice, em A paixão segundo G.H.)

Imagem daqui.

28 comentários:

Talita Prates disse...

Penso que se uma crença religiosa
desresponsabiliza o homem de sua própria vida,
ela faz mais mal do que bem,
mais aliena do que "salva".

i ILÓGICO disse...

pqp! lindo!!!!
e qto a crença.....

na Paz!

Franzé Oliveira disse...

"A religião é o ópio do povo".

Tenha um bom dia menina.
Bjos.

Mai disse...

Perfeito! Servir a dois senhores. Alienação ou humanos e responsáveis assumimos os desejos sem deixar aos céus ou aos senhores da terra, culpa ou perdão.
belo texto
abraços

Renata de Aragão Lopes disse...

Bela prece, Talita!

Somos, sim,
responsáveis
(ou irresponsáveis)
por nossas vidas.
Não há Senhor
que a tudo defina.

Um abração, amiga!

Tiago F. Moralles disse...

Amém.

Úrsula Avner disse...

Oi Talita, texto profundo que suscita muitas reflexões... De fato cada um de nós é responsável pelas próprias escolhas e deve arcar com as consequências de cada uma delas e sabemos que aquilo que plantarmos iremos colher... Muito bom ! Sua escrita encanta ! Bj com carinho.

Lara Amaral disse...

Incrível poema!

Quantas vezes não sabemos o que pedir. Entregar-se totalmente não vale, a responsabilidade é toda nossa.

Muito bom, amiga!

Beijos.

Kenia Cris disse...

Belíssima prece. Perdoe a minha ausência, ando meio imbecil demais para dizer da beleza das coisas que leio. Se venho, vê, não digo muito. Gosto de dialogar com o que leio e em virtude de um bloqueio de entendimento causado por algum agente exterior à minha mente, tenho lido muito e praticado o silêncio.

Mas eu venho, vc deve me ver nas estatísticas do blog, com certeza. Rsrsr..

Beijo sempre carinhoso, e que Deus abençoe essa delicadeza que você tem com as palavras.

Cuide-se mocinha!

[ rod ] ® disse...

Em orações nossas odes se concretizam sejam elas ao Deus certo ou ao que por certo nos fazemos... e viva nossa capacidade de transpor nossos desejos em virtuosos pedidos.

Bjs moça e obrigado pela idéia... és uma boa idéia.r.s.s

Eu é quem agradeço pela visita constante ao dogMas...

nina rizzi disse...

talita, quando pensar, SE, numa prece, ela será assim...

é certo que as religiões manipulam, mas o poo precisa (precisa porque acha que precisa) de símbolos, antes estes?

veja: criamos deuses e nada de findar a fome...

muito bom.
um beijo.

renata disse...

respiro aliviada por ter a certeza de que frase pronta que caracterize o que se é ainda não foi formulada. é que ser humano, não tem manual. ser humano é ir se fazendo, dia após dia.

uma beijoca, lindeza!

Marcelo Novaes disse...

Talita,



Oração Centrada. E [Auto-]Suficiente.




Beijos,










Marcelo.

Marcelo Novaes disse...

O animal humano é simbólico.
Não "se faz de". Ou "precisa crer que seja".



É.


;)




"Simplesmente".

Wania disse...

Talita, a verdadeira crença está "dentro" e não "fora"! Quem espera do Alto o que deveria, por suas próprias vontades, conquistar na Terra, ainda não encontrou a sua autêntica fé!

Linda prece!

Bjsssss,
Wania

Adriana Godoy disse...

Então vamos rezar....bonito, Talita. Bj

Julio César Carvalho disse...

Lindo!!
Qta profundidade e introspecção. Frase pronta do que se é, ser humano é constituir-se a cada dia, espelhando-se no que é belo, bom e verdadeiro. Ir além da sua medida, rompendo obstáculos, medos. Combinação perfeita com Clarice!! Ótimo!!!
Gde bjo!!

Bia Monteiro disse...

Espetacular!!!
Amém...
Bjos e bom fds!
=D

Nydia Bonetti disse...

Eu tenho minhas crenças, Talita. E ela diz do livre arbítrio, do perdão, da compaixão, sobretudo do dom maior, que tantos - religiosos ou não, ainda desconhecem. Bonita demais tua prece. Beijos.

Nydia Bonetti disse...

Eu tenho minhas crenças, Talita. E ela diz do livre arbítrio, do perdão, da compaixão, sobretudo do dom maior, que tantos - religiosos ou não, ainda desconhecem. Bonita demais tua prece. Beijos.

Adriana Karnal disse...

que sejam ouvidas tuas preces...sim, deus tem destreza , é claro...adorei..Talita.

Rafaela Figueiredo disse...

Perfeito, Li!
Muitooo bom! E muitooo Clarice! :)
Antes de ver o trechinho, pude notar certa influência...
Lembrou-me de um q tenho com essa temática de prece herética e/ou cética.
Mas ando agora Quintaneira: nos poemas mais 'engraçadinhos'... rs

Besos

Oculta disse...

Fiquei aqui por muito tempo orbitando calada entre tuas estrelas que por vezes cegam... Quase consigo te ouvir... Suas palavras são ricas... Obrigada!!

marjoriebier disse...

Amém!

Gian Fabra disse...

ola Talita,
bem vinda, vinda de lá só podia ser coisa boa.

adorei sua intensidade, e aquele poema no qual vc diz q se cala, nao por falta de inspiração mas para gritar o silencio é um espetáculo.

vou ficar por perto
bjs

sopro, vento, ventania disse...

Oi, caramba, que coisa mais linda! Adorei. Precisava ler algo assim. Um beijo, Cynthia

José Carlos Brandão disse...

Deus sempre salva. Mesmo quando pensamos em danação, salva. Como a poesia salva. Leva a Deus. A palavra tem Deus dentro. Deus se fez verbo, ensina o Livro. Deus queria ser poesia. Um sopro azul para nos salvar.

Beijo.

Fabio Rocha disse...

Que prazeeeer ler esse. :)

 
;