25 de abr de 2009

Eu só queria
todas as certezas do mundo.

Talita Prates

Foto: http://www.flickr.com/photos/viiveunaa1viida/3085986901/

11 comentários:

Talita Prates disse...

Tadinha de mim... rs

casa da poesia disse...

...ficavas cheia...de incertezas!...e para ti...

"the flowers are all right"...1?...

Talita Prates disse...

“Eu disse a uma amiga:
— A vida sempre superexigiu de mim.
Ela disse:
— Mas lembre-se de que você também superexige da vida.

Sim.”

(Clarice Lispector)

Eıckmαnn_Dσſſ disse...

Nunca pensei queum post só de titulo fosse tão bom. .-.

Amei a foto também! ♥

http://chocolatebitter.blogspot.com

iilógico disse...

me baste.
por tantas horas de um único dia.
não lembrarei de ontem.
não quero o amanhã.
sou seu.
apenas hoje.
te basto?

Rosangela disse...

HUm posso começar dizendo que amo psicologia...Embora a faculdade que esteja fazendo neste momento não tenha nada a ver.
Mas assim que termina-la começarei psicologia.
Amei seu blog, virei sempre ...

E eu também gostaria de ter todas as certezas do mundo, masi será que eu as encontraria certas????

Beijos poéticos...

Nayara .NY disse...

como a chuva que cai sem saber aonde, como o sol que nasce todos os dias sem saber por quê... sou eu, somos nós... como a vida, como tudo, somos apenas grandes pontos de interrogação!!!

seu blog é fantástico!
obrigada por me seguir! Farei o mesmo!

Jessica Moraes disse...

uma frase essencial, que diz tudo. e a foto, supermarcante. combinou demais! tb gostei muito do seu blog, já está linkada! ;)
bjos

Sidney Ramos disse...

Passei para espiar como é de praxe dos blogueiros que gostam de poesia e fiquei impressionado com a densidão visual e poética do seu blog.
Foi muito bom! Agora venho sempre mergulhar e beber dessa água.
Já sou seguidor.
espero que um dia você Faça uma espiadinha no meu.

Luli =) disse...

Ah eu não queria não...acho que seria trise uma vida sem surpresinhas...
As boas nos dão mais vida, alegria e as ruins nos mosram como somos fortes!!
=)

Cosmunicando disse...

eu também, mas já perdi todas.

 
;