27 de abr de 2009

Da rima


Eu não gosto de rima.
A rima destoa da vida.
Quem já viu vida com rima?

Prefiro os sons estranhos,
chocantes,
as palavras inusitadas,
rebeldes.

Rima é inocente.
E o mundo é dos fortes.
(Que me perdoem os grandes autores
e os da rima admiradores -
mas fazer a palavra rimar
é como querer que, na vida,
tudo seja
como a gente pensa que deveria ser.)
Talita Prates

10 comentários:

Kenia Cris disse...

Lindo e mto bem dito. Também não gosto de rima - prefiro a imprevisibilidade das palavras e pensamentos. Beijo!

Luli =) disse...

Olá
Obrigada pela visita, aqui estou eu novamente.
Tb não curto muito rimas não, acho tão esquisito isso de acabar tudo igual, tão previsível!
Prefiro os poeminhas "desencontrados"!
bjo bjo e uma ótima semana
=)

iilógico disse...

rima?
não me importo se tem ou não.
minha palavra é primeiramente expressão.
iiiii....
rimou....

bjs litinha

Luciane disse...

Adorei! Rima, métrica, só na poesia, e olhe lá. Que a nossa vida seja sempre bem desmedida e cheia de surpresas! Beijos!

Eu sei que vou te amar disse...

Metafora cheia de rima, na vida o importante é sentir!
Um beijo doce

Isa disse...

Com ou sem rima, é poesia.

Besito!

ChulapA disse...

heheheh q bacana
a imagem entao
show de bola
parabens

leomantovani disse...

Às vezes com rima, vezes sem rimas... Precisa só sair da margem, ser profundo... Mas rima muitas vezes é chatinha... hehe

Fernando Lago disse...

Gostei do teu blog. Sobre essa poesia, em particular, confesso que às vezes sou meio rimador na métrica como quero ser na vida. Não chego a ser um Bilac, que queria a poesia tratada como algo sagrado. Aliás, às vezes escrevo em detrimento de qualquer rima ou métrica; creio que poesia é isso e Drummond está aí como o poeta-maior pra mostrar que a rima não é tudo. Removamos a pedra do meio do caminho!
Parabens, pelas poesias! Você tem estilo!

Renata de Aragão Lopes disse...

Gostei de como expôs seu ponto de vista, Talita, embora dele discorde um pouco. Como aprecio e escrevo poesia, vejo que a rima nem sempre é forçada. Muitas vezes, acontece espontaneamente. E há versos rimados tão lindos, que dizem tanto da vida...

Seu espaço continua lindo!

 
;