22 de abr de 2009

Ambivalentes


Ambivalentes como nós, palavras preparam armadilhas ou abrem portas de sedução.
Embalam ou derrubam,
enredam em doces laços,
ou nos matam dolorosamente – como punhais.


Lya Luft, "Laços e Punhais" em Pensar é transgredir


Foto: http://www.flickr.com/photos/hammondsbabies/2664205063/

9 comentários:

Luciane disse...

Nossa...muito a ver com o meu dia de hoje. Acho que eu precisava ler essas palvras. Obrigada!

Eu sei que vou te amar disse...

Palavras que derrubam e nos erguem! Lindo seu post!
Beijo doce

Kenia Cris disse...

Olá moça, já estava te seguindo mas te coloquei no meu blogroll pra realmente VER suas atualizações e lê-las em tempo de deixar comentário. Tenha um ótimo dia! Beijo carinhoso.

Nadia lopes disse...

oi, Talita
Li teu comentario lá na Lu e vim espiar ...que bom, que as palavras existam mesmo...e os blogs e as almas!
beijo

Filipe M. Vasconcelos disse...

Que palavras bonitas.. que demonstram, certamente, o poder das próprias palavras...
Ótima citação..
Um beijo!

Papagaio Mudo disse...

Oi,

nossa! que blog bacana..
muito elegante e simpático.
Sobre o post, excelente citação.
Abraços,

Gustavo

ps: ah, cheguei aqui através da Adriana Godoy (autora do Voz).

Renata de Aragão Lopes disse...

Já li a Lya.
As palavras dela, sempre ponderadas, são, notadamente estas, um alerta - que você, Talita, fez bem em nos repetir!
Um abraço.

Marcela disse...

Adorei seu blog.
:)

iilógico disse...

a palavra é vida!!!

 
;