8 de mar de 2010

Da Confraria dos Trouxas


Quando nasci, um anjo vesgo
desses que erram a mira


Minha estréia na Confraria dos Trouxas, mais um blog coletivo.

Aguardo tua visita.

O beijo,

Talita.

4 comentários:

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Vi um dedo de Torquato Neto aqui... belo e bem inspirado...

Beijo, Talita!

;)

A Moni. disse...

Indo lá...seguir tuas palavras que sempre me caem tão bem!

E que bom que elas reverberam mundo a fora!

Sorte, Talita!

Beijos.

Lara Amaral disse...

Parabéns, Talita. Arrasou lá.

=)

marjoriebier disse...

Lembra-me aquele poema da Adélia: "Quando nasci um anjo esbelto,
desses que tocam trombeta, anunciou:
vai carregar bandeira.
Cargo muito pesado pra mulher..." Com deliciosa licença poética do Bandeira.

E é pra ser lido ao som de ATÉ O FIM do Chico.

Um beijo. Dois.

 
;