24 de fev de 2010

Dos achados

Ela queria contemplar toda a largueza alaranjada do horizonte distante. (Achava um dos momentos mais sensuais da natureza esse encontro mentido entre céu e terra ao entardecer.)
Não queria ser dessas pessoas que decidem o que querem encontrar antes mesmo de sair à procura.
"Felicidade é desfocar", deduzia.
E isso nada tinha a ver com a questão toda e depreciada e combatida de falta de metas e objetivos e sonhos.
É que assim os achados se tornam sempre surpreendentes, à revelia da dor ou prazer que possam causar.

t. prates




"Dá-me luz, ó Deus do tempo!
Nesse momento menor
pr'eu saber seu redor.
A gente quer ver
horizonte distante."
(Marcelo Camelo,
Los Hermanos)
Imagem daqui.

35 comentários:

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Belíssimo espaço... seguindo cá... ;)

Marcelo Novaes disse...

Talita,


Muito bom!


Abertura para a largueza não é falta de objetivos: é estar à vontade caminhando sobre a terra; surja o que surgir.



Beijo.

Marcelo Novaes disse...

E a "largueza alaranjada" é muito boa, convenhamos...

LLacerda disse...

Também nunca estive interessada em ser dessas pessoas que decidem o que querem encontrar antes mesmo de sair à procura....

Tiago Moralles disse...

A cada novo achado, novas também são as novidades.

Leonardo B. disse...

[ainda há vagos rumores que as nuvens nos acompanharão no céu mais claro; venham as águas que tudo limpam, nunca os dilúvios]

um imenso abraço, Talita

Leonardo B.

Renata de Aragão Lopes disse...

E não seria do homem
quase uma sina
esse vislumbre
prévio à esquina?

Gostei da prosa, amiga! : )

Um beijo.

Adolfo Payés disse...

yo contemplo tus versos, mi querida amiga precioso..

Un beso

Un abrazo
Saludos fraternos..

marjoriebier disse...

Devia ter, nos horizontes, uma placa assim:

ACHADOS E PARTIDAS. ENCONTRE AQUI.

Lindo!

Mile Corrêa disse...

"Felicidade é desfocar"
É um bom assunto pra se pensar!
Adorei o post, o trecho da música
de Los Hermanos também.
Seu layout é muito liiiindo! *-*
Foi você quem fez?
Vou seguir aqui! =D
Beijos

Julio César Carvalho disse...

As grandes belezas da vida estão nos pequenos achados!!
Mta bela a prosa, o sentido se completa com a imagem e a citação poética de Los Hermanos que dispensa comentários... hehehe

Ótimo!!!

Gde bjo!!

renata carneiro disse...

felicidade mora ao lado, as vezes é preciso desfocar para achar.

anda sumida, né tatá!
mas tou numa rotina louca. tempo virou coisa rara pra mim, mas sempre que posso corro pro que faz respirar!

um beijo, querida!

Hercília Fernandes disse...

"Felicidade é desfocar"...

bela definição poética, Talita. Aliás, todo texto contém a beleza e transcendência da poesia.

Excelente escrita, muito gostei!

Beijos,
H.F.

Pipa. A que sonha. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pipa. A que sonha. disse...

Não se pede para parar de amar, nem se deter a viver os processos emocionais. O que se pede é que se consiga apenas sentír.

E é aí que a coisa complica.




Um abraço

Lou Vilela disse...

Filosoficamente belo, minha cara! Saio encantada.

Bjs

Úrsula Avner disse...

Oi Talita,

escrita sensível, profunda e bela. Seus textos são sempre expressivos ! Bj colega ,

Úrsula

ELTON NEVES O ANJO DAS LETRAS. disse...

Ela queria contemplar toda a largueza alaranjada do horizonte distante. (Achava um dos momentos mais sensuais da natureza esse encontro mentido entre céu e terra ao entardecer.)- Com certeza esse texto que escreveste, principalmente este paragráfo é uma das coisas mais bonitas e poéticas que já li e vi provindos da pena autoral de um poeta. Parabéns querida, seu talento para a poesia em prosa é inquestionável,é quase uma crônica com tons de belissima e purissima poesia, e poesia de muito bom gosto. Beijos poéticos para ti.

Talita Prates disse...

Francisco, agradeço a visita e o comentário. Sê muito bem-vindo. Abraço!

*

Marcelo, poeta e colega querido, assombro-me com a tua capacidade de deixar mais claros para mim até os meus próprios textos. Obrigada por isso! Um bjo grande!

*

LLacerda, que bom que você também! rs. Bjo!

*

Ti, achados novos, novidades achadas... "vamo que vamo". Bjo!

*

Leonardo, "das nuvens mais escuras surge água cristalina" (Diego Fernandes). Obrigada por vir! Um bjo, meu caro!

*

Re, amiga, é pra se pensar (docemente, como é do teu feitio...)! Um bjo, minha querida!

*

Adolfo, mi querido amigo: tengo la suerte de recibir la visita tan especial como el tuyo! Grande abrazo! :)

*

Mar, adorei a ideia da "placa". Bjo bjo.

*

Mile, agradeço a visita! Não, não foi eu quem fiz o layout. Encontrei-o por golpe de sorte quando criei o blog. Um bjo! Volte sempre, tá?

*

Julião, e viva "the brothers"! Mesmo os "covers"... kkkkk. Bjo, amigo!

*

re, sim! é dessas felicidades que moram ao lado mesmo! bjo, boniteza! venha sempre que puder, tá? quando vc não vem eu sinto falta...

*

Hercília, querida, que gentil! Muito obrigada. Tua opinião é de grande peso para mim. Um bjo.

*

Pipa, parar de amar? deus-do-céu nos livre dessa sina inumana. Obrigada pela visita. Abraço outro.

*

Lou, que prazer receber-te! Um bjo.

*

Úrsula, colega psi, fico feliz em receber tua partilha e crítica. Outro beijo!

*

Elton, muitíssimo obrigada! Fico lisonjeada. Poéticos beijos para ti também! Sê muito bem-vindo por essas histórias. :)

*

Lara Amaral disse...

A leveza do seu texto + Los Hermanos = sensação terna.

Muita sabedoria em poucas palavras.

Beijos!

rogerio santos disse...

Talita, esse teu texto faz viajar e pretender outros encontros mentidos entre céu e terra (e mar)

Engraçado.

Antes de ler seu texto, escrevi um poeminha tratando de assunto similar.

Teu texto disse muito, Talita !

Beijos
Rogerio

Fred Matos disse...

"Felicidade é desfocar"

Muitos vieram antes e destacaram esta definição fantástica. Deixaram-me com pouco pra dizer.

Ótimo fim de semana, Talita.

Beijos

Pedro Paulo disse...

Como dito em vários outros momentos, vejo paralelos em relação ao nosso caminho pela busca do autoconhecimento. Desfocar... Estar atento ao comum, captar suas novidades e larguezas. Que suas reflexões continuem. Beso grande.

Rafaela Figueiredo disse...

tão sábia, minha florinha...

q seja[m] a sincronicidade/destino/acaso os nossos melhores guias! :)

beijobeijo

saudadeee

Nydia Bonetti disse...

Já disseram quase tudo, Talita, sobre este teu belo texto. Só me resta dizer: a vida é mesmo puro acaso. Só não havia dado conta ainda deste tom alaranjado dos acasos... Lindo. Beijo!

Talita Prates disse...

Larinha, gostei do "terna"! Obrigada, minha linda! Um bjo.

*

Rogério, agradeço e muito a tua visita. Se esse texto te fez "viajar e pretender outros encontros mentidos entre céu e terra (e mar)", já valeu a pena ter sido escrito. Beijos!

*

Fred, teu "pouco" fez-me sorrir. Tua visita é tanto! Um bjo

*

Pedrinho, eu "só" vejo "paralelos em relação ao nosso caminho pela busca do autoconhecimento". Sabes o quanto é especial pra mim, né? Besos!

*

'Fa-lóri: tua florinha é saudosa. :(
AMOOOO! :)

*

Nydia, poetas como você tiram do acaso o ocaso alaranjado! Obrigada, muito obrigada. Um bjo!

Pedra do Sertão disse...

Gostei de ser "uma alma" e de poder conhecer seu blog...abraço

Adriana Karnal disse...

TAlita,
Eu quero a continuação...essa prosa poética me deixou comgosto d quero mais...lírico demais.bj

Gaby Soncini disse...

Ótimo quando estamos passeando e encontramos um blog tão sereno como este, gostei daqui.

Acompanharei ^^

Grande Beijo.

Talita Prates disse...

Araceli, somos todos almas e repletos de histórias! Bom te ter por aqui. Outro abraço!

*

Querida Adriana, essa prosa já é continuação de outras, como "Da passagem", "Das reincidências", "Dos quereres"... Provavelmente vai ter continuação! Fico feliz que tenha gostado... Bjo grande!

*

Gaby, que bom que gostaste!
Gostei muito do teu canto também.
Um bjo!

sopro, vento, ventania disse...

Docelita (doce + talita),
fui lá e vi seu coment e vi que meu 'eu' que faz está sufocando o outro 'eu' que sente.
Parei de me deixar consumir e vim aqui e vi, que lindo!, tudo isso de bom que tens feito.
Esse aqui é texto de dar 'pancadão' na alma: "à revelia da dor ou do prazer que possam causar".
um beijo,
Cynthia

Adriana Godoy disse...

Talita, uma beleza, sabedoria e poesia no mesmo espaço. Beijo.

sopro, vento, ventania disse...

Querida, obrigada pelas palavras. E adorei a frase de nossa amada Clarice, "escrever é meditação que salva".
email pra você:
cynolivei-rj@yahoo.com.br

bjão.
Cynthia

Sílvia disse...

muito bom! bem como a imagem :)

beijo

i ILÓGICO disse...

olho para o céu, o encontro. ela está lá!!!

 
;