18 de mai de 2009

Da loucura

Hoje, dia 18 de maio, é o Dia Nacional da Luta Antimanicomial.
Foi em 18 de Maio de 1987, no Congresso de Trabalhadores de Saúde Mental, em Bauru (SP), que surgiu o Movimento Nacional da Luta Antimanicomial. Trata-se de uma ação social, que tem como princípio o fechamento dos manicômios do País, a promoção de um tratamento digno e territorial para todas as pessoas com experiência de sofrimento psíquico e de uma cultura de respeito às diversidades.


Ah, a loucura...
Por que tanto medo dela?
O que ela tem a dizer?
Não é ela mais "normal" do que se imagina?


Drummond diz:
Confronto

Bateu Amor à porta da Loucura.
"Deixa-me entrar - pediu - sou teu irmão.
Só tu me limparás da lama escura
a que me conduziu minha paixão."

A Loucura desdenha recebê-lo,
sabendo quanto Amor vive de engano,
mas estarrece de surpresa ao vê-lo,
de humano que era, assim tão inumano.

E exclama: "Entra correndo, o pouso é teu.
Mais que ninguém mereces habitar
minha casa infernal, feita de breu,

enquanto me retiro, sem destino,
pois não sei de mais triste desatino
que este mal sem perdão, o mal de amar."


Quero deixar aqui também o link de um post meu, antigo, que relata uma experiência de "poesia na loucura", maravilhosa e epifânica....
Poesia na loucura
Fica aqui também o link do
Museu de Imagens do Inconsciente, com o trabalho da genial Nise da Silveira e uma pequena coletânea com poemas de "pacientes".

7 comentários:

Rafael disse...

É, quando fugi do manicômio não foi fácil, ter de lidar com todos esses loucos que vivem aqui fora...

Kenia Cris disse...

Belíssimo post Talita! É sempre bom vir aqui e me deliciar com a sua escrita. Hoje estou passando também pra pedir vc pra visitar meu blog de poesia qualquer hora dessas, quando você não estiver muito ocupada. http://poesiatorta.blogspot.com

Beijo carinhoso, e obrigada sempre por passar lá no Diários.

Margarida disse...

Desconhecia esse dia, aqui em portugal nao temos algo semelhante)


ah, a loucura: dificil distinguir um louco de um genio, nao e? :)

Margarida disse...

Fernando Pessoa está no topo dos meus autores de eleição: escritor muito completo (:
agradou.me que o referisses, muito obrigada!

um beijo*

Rafael disse...

HAuahuah, não, nunca li o conto realmente. Mas conheço a história!
Foi por causa dele que vc fez essa postagem?

Kiara Guedes disse...

Olá Talita! Adorei sua visita, viu, venha sempre. Ah, e fique a vontade, da próxima não precisa tirar o sapato, entre e se esparrame no sofá, se ficar com sede não faça rodeios, abra a geladeira... rsrsrsrs.
GOstei daqui tbm, muita coisa boa. A gente vai trocando figurinhas!
Abraços

Nathália disse...

Sabe, loucos precisam ser tratados com muita dignidade.
Acredito que eles podem nos ensinar muitas coisas. De verdade.

Beijo!

 
;