21 de ago de 2012

De vagar



Sou de vagar
[imensidão
por dentro].



t. prates

6 comentários:

Fabrício Franco disse...

Como é bom notar que esse espaço não foi abandonado por sua autora... Gosto muito de ler você, poetisa.

Um beijo!

Poeta da Colina disse...

Se é para se perder, que seja em si.

Leonardo B. disse...


[no interior

nasce a imensidão.]

um abraço, Talita

Leonardo B.

J.F. de Souza disse...

[palavras se perdem na imensidão]

Alicia disse...

sou tão pequena
que me acho grande
pequena, que pena.

Daíse disse...

Adorei!!!
Adorei!!!
E adorei teu jeito de escrever!!!!

Encantada!!!!

Abraços!!!

 
;