26 de dez de 2011

Do recorte, resto, remendo

Imagem: mended

guardo 
o recorte 
do resto 
da lembrança 
que faz, 
da saudade, 
remendo.


t. prates

6 comentários:

Gabriela Castro disse...

Difíceis são dessas saudades que não dão pra remendar. Feliz ano novo, Talita :) Beijos

Rafaela Gomes Figueiredo disse...

e a vida segue com seus remendos - cicatrizes - que mantêm vivos os corações, cheios de histórias...

:)

te beijo.
te amo.
te saudade.

MIRZE disse...

Como sempre belo!

Desejo a você, Talita, um ANO NOVO, cheio de poesias assim....lindas.

Beijos

Mirze

Alicia disse...

remendo
relembro
relendo


e tudo ficou esquisito.
brincar com as palavras deixa o mundo embaçado.

Carina B. disse...

li reamando, olha o ato falho. As palavras remendando o que o inconsciente não consegue recortar. :/

Lindo, Tá.
Como sempre.
Como você.

Manuel Pintor disse...

não se me caule
o corte
cada galho
que me lembre
recorrendo
ao que me resta
da saudade
me remembre

 
;