14 de ago de 2011

Da ode à Eva


ave Eva,
cheia de curiosidade,
o senhor é convosco (ou não?),
bendita sois vós entre os humanos
e bendito é o fruto que comestes,
proibido.
mulher Eva,
cria de deus,
rogai por nós,
sedentos de saber,
agora e na hora
de nossa expulsão do éden, amém.

t. prates


“(...) grande pecado maior de não ousar o supremo
pecado, para se constituir humano e só, 
e divisar a face una e resplandecente, no
abismo oposto, que é feito de luz e de perdão!”
[Lúcio Cardoso, Crônica da Casa Assassinada]

"Não há outro pecado além da estupidez."
[Oscar Wilde]


Inspirado após leitura de "a culpa é da Eva", de Rafaela Figueiredo e no respectivo comentário do Bruno de Andrade.
Com licença poética e mariana, amém.

7 comentários:

Alicia disse...

A gente paga caro que só pelo saber.

Mas a gente adora coisas caras, graças a deus. Ou graças a Eva?

Belíssimo, Tá!!

Linguagem e Poesia - Bruno de Andrade disse...

Adorei o poema, Talita! Se me permite dizer, acho que a influenciei, quando cometei o poema, intertextualmente muito bem lembrado aqui, em que Eva é a figura feminina representativa da luz do conhecimento. Bendita Eva!

Genial! Parabéns!
Admiro inteligência que é capaz de incomodar séculos de estupidez e ficções!

Beijos!

Rafaela Figueiredo disse...

fico tão feliz de ser fagulhinha dessa tua iluminada - e iluminadora - poética!

amo muito.
(F)

MIRZE disse...

MUITO BOM!

Claro que estamos sendo enganadas. A culpa foi do Adão. Quem mandou comer a maçã! Tô fora!

Espetacular!

Beijos

Mirze

Fernanda Fraga disse...

Excelente transposição...
Fico encantada com sua forma de trabalhar com as palavras, ou melhor de suspirá-las aí no 'papel'.
Ah, fiz uma menção de um texto seu no meu blog que inspirado no texto 'Da moça', depois passa lá pra ver, não sei se ficou a altura. Procure pelo título na "Na moldura Dela".

Um beijo
Fernanda Fraga.

Poeta da Colina disse...

Amém

Renata de Aragão Lopes disse...

Literatura impecável.

 
;