25 de mai de 2011

Do tempo impassível


 Clique na imagem para ampliar.


Nesse embate entre
mim, Chronos e Kairos,
haja paciência.

Imagem original daqui.
Texto e edição meus.

25 comentários:

Jéssica Caramori disse...

E que seja assim sempre.

Talita Prates disse...

ou não, né... vai saber...
esperar a gente espero... rs.

obrigada pela visita, e um bjo.

Bel Rech disse...

E tem gente que fica sentado, ver ele passar...__Paz e bem

Talita Prates disse...

sim, e ainda o considera um "inimigo".

Bem e paz.

Hugo de Oliveira disse...

Tempo, Tempo, Tempo...

Abraços

Talita Prates disse...

mano velho...

Abraço!

Nanda Melo disse...

Quando o tempo passa, há quem queira ficar. Quando o tempo fica, não há quem fique junto com ele. O que seria o tempo, então? Não sei responder, mas sei que há passados em que me apego e futuros dos quais tenho medo. Viver em descompasso ao tempo, fora de sua linha de evolução, dá nisso. Daí que a vida é isso e por sorte, não apenas isso! Um bjo.

Talita Prates disse...

Muito bem-vinda, Nanda.
Adorei o que vc escreveu. E concordo contigo.
Bjo!

Ana disse...

Inteira...depedaçada.

Rs...bonito.

Talita Prates disse...

aiai...

bjo, bonita!

Mirze disse...

Espero que consiga, Talita! Acompanhar o passar do tempo com saúde é uma maravilha. Sem ela é muito difícil!

Beijos

Mirze

Lara Amaral disse...

O tempo fraciona o dia, e nos reparte. Sorte desses que saem ilesos.

Muito legal, flor!

Beijo.

Úrsula Avner disse...

Oi Talita, texto singelo e ao mesmo tempo tão inenso... Adorável ! Bj.

Talita Prates disse...

Obrigada, Úrsula.
Bj!


Lara, beijo, flor-linda!


Tb espero, Mirze... saúde física, mental e espiritual...
Desejo o mesmo pra vc.
Bjo!

Fabrício Franco disse...

Sempre fui mais fã do Kairos. Até o nome é mais bonito, a meu ver.

Suas edições imagéticas estão cada vez mais lindas de se ver, rever...

Beijo!

rafaela disse...

contanto que não se 'perca' pelo caminho, né, florinha... tá ótimo!

(L)

Moni disse...

O caminho, às vezes arranca pedaços. Bons pedaços em vão, deixados pra trás.
Mas o melhor é não precisar voltar para pegá-los.
É lá na frente que a gente renasce.
"Inteireza" é estado de decisão.

Sempre lindo. E eu sempre chovendo no molhado, como diz a Carol.
hahaha

Beijo, sua linda!

cynthia disse...

serei breve: "quando nasci" (rs.). Não... verdade... serei breve: adorei, pela beleza, pelo casamento perfeito das pequenas palavras, dos grandes gestos nas fotos (é sua, a foto? - linda!). Só sei que eu, mesma, por assim dizer, nunca chego inteira a lugar nenhum. tô sempre despedaçada, juntando os cacos, começando tudo novamente. melhor, às vezes; às vezes, nem. Mas o tempo até que é generoso, pois permite-me, até a mim que não sou lá muito fã da fúria das horas, o recomeço. Tal qual Fenix, vou seguindo com a ajuda dos céus, de deus. Teimosamente. E essas suas palavras gentis evocaram tanto. Lindo. obrigada.

Adriana Godoy disse...

Talita, bonito e reflexivo demais...é o tempo com suas garras e a gente tentando dar um jeito de ele não nos pegar com força, ou pelo menos algo parecido. Bj

J.F. de Souza disse...

A Vida segue o Tempo
até se acabar

Mas o Tempo nunca morre

Eu?
Eu não morri ainda!

Eduardo disse...

O tempo, sempre o tempo... Quem pode mais? A poesia, talvez.

Talita Prates disse...

Fabrício,

acho que ainda não "entrei em acordo" com Kairos. Espero que ainda haja Chronos pra isso.

Vc sempre tão gentil, Fabrício.

Bjo!

Talita Prates disse...

Rafa,

sim, contanto. entretanto...

(L)(L)

Talita Prates disse...

Cy, a foto não é minha não. Só fiz editar.
também sinto que sigo teimosamente. e adoro a imagem da fênix.

boa sorte para nós...

bjo!

Talita Prates disse...

QUERIDOS AMIGOS E LEITORES,

COM A MUDANÇA DO MEU LAYOUT, NÃO CONSEGUIR "TRANSFERIR" DIRETAMENTE OS COMENTÁRIOS QUE VOCÊS HAVIAM FEITO PELO SISTEMA DE COMMENTS QUE EU UTILIZAVA ANTERIORMENTE.

PORTANTO, PARA NÃO PERDER A PARTILHA DE VOCÊS, TRANSCREVI LITERALMENTE PARA CÁ.

DESCULPEM O TRANSTORNO!

Bjo e paz.

 
;