26 de jul de 2010 24 Declarações de outras almas

Das sendas


Imagem: Argijale

t. prates


Quando já estava com os pés em carne viva,
descobri o verdadeiro sentido da vida,
e era para o outro lado.
Felipe A. Carriço, no seu blog Não me faz pensar
16 de jul de 2010 52 Declarações de outras almas

Da discordância



aprendi a desdenhar
da força das lembranças
dos amores findos


: das boas,
faço canção e componho sorrisos.

: às ruins,
esfrego na cara o poder do tempo.

procuro viver de presentes,
e ouso discordar de Adélia
*:
professo que:o que a memória amou
pode virar passado,
assim como a conjugação do verbo.

t. prates


*Adélia Prado,
para quem "o que a memória amou fica eterno".

> Imagem daqui.
10 de jul de 2010 6 Declarações de outras almas

Do presente dele/meu

O querido Rodolfo Lima, do dogMas, convidou-me para comemorar o seu aniversário.
O presente? Um texto.
Bom, penso que o presente foi pra mim...
Para conferir, clique na imagem ao lado.
3 de jul de 2010 35 Declarações de outras almas

Dos contos-micros


i. Aadúltera
Ela tinha um marido e um amante. Para facilitar as coisas, ambos eram o mesmo homem.

ii. Moça na igreja
A moça na igreja só tinha olhos para o Santo Antônio: pedia um marido. Não reparou no moço que sentara ao seu lado, interessado.

iii. Antipoemapsicótico
Foi-se embora pra Pasárgada num surto. Voltou, num susto, com uma dose de haldol.

iv. Postagenzinha qualquer
Uma frase para tuitar. Uma foto para editar. Um mp3 para baixar. Devagar... as janelas travam. Eta vida besta, meu Deus.

v. Ingredientes
Aprendeu a ser pela dor. O prazer ainda lhe causava certo estranhamento.

vi. Pretexto
Referiu-se à relação deles como "atípica". Podia até ser, mas o coração dela é tipicamente humano, e não se contenta com reles classificações.

vii. Símbolo vazio
Enfiou uma aliança no dedo. De que valia o símbolo, se não sabia sinalizar os pactos por dentro?

viii. Happy end
Ela pediu o divórcio. Ele aceitou. E foram felizes para sempre.

t. prates

Imagem: Ciuri
 
;