27 de ago de 2009 38 Declarações de outras almas

Da liberdade concreta

T. Prates

> Clique para ampliar


>> Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome...
[Clarice, pois é! rs]
21 de ago de 2009 46 Declarações de outras almas

Da nudez outra

Quero ver-te nu,
despido das roupas que te visto -
alheias da tua realidade
e essência.
Quero ver-te na tua exatidão
e profundidade,
sem as lentes distorcidas
de expectativas que são minhas.
Quero encontrar-te
no que esse encontro pode ter
de mais inédito e único.
Quero a nudez da tua essência -
só despidos
nós nos encontraremos de verdade.
T. Prates

19 de ago de 2009 21 Declarações de outras almas

Das passagens


Ela temia que ele passasse, como os outros passaram.
"Amar é ficar", deduzia.
Porque ela é daquelas que se perde um pouco para cada um que passa. Por isso o medo: medo de ficar sem nada de si para si. Medo de se esgotar por tantas passagens.
Ela ainda tem muito o que aprender.
T. Prates


O que me atormenta é que tudo é 'por enquanto',
nada é ' sempre'.
Clarice Lispector
18 de ago de 2009 19 Declarações de outras almas

Da paródia cibernética (ou da postagenzinha qualquer)


Perfis entre n domínios .com
fakes entre identidades reais
msn youtube twitter.

Um post para blogar.
Uma foto para orkutar.
Um mp3 para baixar.
Devagar... as janelas travam.

Eta vida besta, meu Deus.
T. Prates

* Cidadezinha qualquer, do Drummond, aqui.
** Imagem daqui.
*** Queixo-me do cyber'world, mas não fico sem. Rs.
13 de ago de 2009 14 Declarações de outras almas

Das impressões sobre a Monalisa


>>> Quem só olha para o óbvio
perde a oportunidade de beleza no inusitado. <<<

Uma colega minha foi ao Museu do Louvre, em Paris, onde, vocês sabem, se hospeda a Monalisa, de Da Vinci.
A foto acima foi tirada por ela, e intitulada "Minhas impressões sobre a Monalisa".
Eu achei GENIAL! Acho lindo quando alguém consegue captar a beleza no imprevisível, nas entrelinhas, no ordinário!
Comentando a foto dela, me saiu a frase acima.
Escrevendo esse post, deparei-me com o poema abaixo:


)) Subnutrido de beleza,
meu cachorro-poema vai farejando poesia em tudo,
pois nunca se sabe
quanto tesouro andará desperdiçado por aí...
Quanto filhotinho de estrela atirado no lixo!
Mário Quintana
26 Declarações de outras almas

Da paródia diurna


o dia - repleto
fica completo
quando ouço teu nome
t. prates


a noite - enorme
tudo dorme
menos teu nome.
p. leminski


Mais poemas do Leminski: aqui
Imagem daqui.
11 de ago de 2009 18 Declarações de outras almas

Do armazém


*Clique na imagem para ampliar.
**Texto republicado.
7 de ago de 2009 37 Declarações de outras almas

Da ode (torta) à realidade


Na espera longa do príncipe encantado de conto-de-fadas com seus: cavalo branco - reinos - castelos - trilha sonora com violino e oboé e final com legenda de felizes-para-sempre / o tempo desencantou a realidade crua que, nua, me mostrou que não há príncipes nem princesas nem cavalos ou reinos e castelos (música há!) / e que felizes-para-sempre é apenas uma combinação bonita mas irreal de palavras / e que a realidade com todos os seus poréns pode ser mais interessante que a fantasia (ainda que essa seja indispensável) simplesmente por ser minha e real. Descubro que a mágica está em mim: sou princesa-fada-bruxa-autora do meu próprio conto/canto.
T. Prates

# Feliz-agora. :)
 
;